Ud está aquí:
  1. Início
  2. L'ou com balla no Arquivo da Coroa de Aragão

L'ou com balla no Arquivo da Coroa de Aragão

L'ou com balla Pulse para ampliar

A celebração de Corpus Christi em Barcelona tem uma tradição de origem medieval chamada L'ou com balla. As fontes nos pátios de vários edifícios no Bairro Gótico são adornadas com belas decorações florais e um ovo "dança" na água que flui das fontes. Inicialmente, essa tradição limitava-se à fonte do claustro da catedral de Barcelona, ​​embora, a partir do final do século XX, fosse estendida a outras fontes da cidade. O significado teológico desse costume está relacionado com a exaltação da Eucaristia, porque, visualmente, está associado à ação ritual que o sacerdote realiza ao levantar o hospedeiro consagrado no cálice.

O dia de Corpus Christi, além de celebrar uma missa, tradicionalmente uma procissão foi realizada através da cidade com o Santíssimo Sacramento. Junto com ele, os usos populares introduziram figuras que também foram processadas, como os gigantes, reis, apóstolos e o bestiário (águia, leão, "mulassa", boi, etc.), que parece estar relacionado aos símbolos dos evangelistas.

No Arquivo da Coroa de Aragão, vários documentos que se referem à procissão de Corpus Christi são preservados. Entre eles, destaca-se uma Resolução do Conselho de Castela de 4 de abril de 1772 Nueva ventana (fólios 152v-154r) pela qual, depois de analisar a zombaria e atos irreverentes cometidos pelos portadores das figuras que eles integraram a procissão, as "figuras ridículas" foram proibidas para a procissão. Anteriormente, depois de ouvir o bispo e a prefeitura de Barcelona, ​​a Corte Real decidiu limitar as ações do bestiário durante a procissão: o leão não deveria rugir, a "mulassa" não podia usar foguetes, o boi teve que se abster de bater nas crianças , a águia só podia dançar em frente à Custódia, etc., embora a resolução do Concílio de Castela fosse mais restritiva.

Transcrição parcial PDF

Línea horizontal

L'ou com balla

De quinta-feira 20 a domingo 23 junho, das 10 às 19 horas. Acesso livre

Palácio dos vice-reis (C. Comtes 2). Arquivo da Coroa de Aragão.

Programa Nueva ventana

Mais informação Nueva ventana

Subir